Café Cultural

Especialista apresenta novas técnicas de mensuração da pressão do cuff em cirurgias

Crefito-9 retoma neste mês o Café Cultural. Ontem (16/8), na Unic, Douglas Bolzan mostrou resultados de pesquisa aos profissionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional

Anna Oliveira

Anna Oliveira

Juliana Velasco/Assessoria Crefito-9



O fisioterapeuta especialista em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Douglas Willian Bolzan, apresentou ontem para acadêmicos, docentes e profissionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, no auditório da Universidade de Cuiabá (Unic), campi Pantanal, as “novas abordagens no perioperatório de cirurgia cardíaca: pressão de cuff dos tubos endotraqueais e ventilação com pulmão aberto”.  A técnica que proporciona menor dor de garganta e tosse no paciente prendeu atenção do público, aproximadamente 120 pessoas, por quase duas horas.

Desde 2004, o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 9ª região (Crefito-9) organiza vários eventos de capacitação chamados “Café Cultural”. Profissionais renomados, inclusive de outros Estados são convidados para apresentarem técnicas inovadoras que estão sendo testadas em hospitais de grandes centros de pesquisa ou temas de interesse da categoria que “garantam mais segurança nas intervenções de rotina da classe”, complementa o presidente do Crefito-9, Elias Nasrala Neto.

Após dois anos sem realizar conferências, o Crefito retoma as atividades, neste mês, com a palestra de Douglas Bolzan e da professora mestre em Ciências da Saúde, Francisca Rêgo Oliveira de Araújo, dia 28, às 19h, no auditório do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag). Na ocasião, ela fala sobre “Autonomia profissional e a necessidade de saúde da população: avanços e desafios para Fisioterapia e Terapia Ocupacional”. Os participantes desses eventos recebem certificados emitidos pelo Conselho.

“Estávamos com saudades do Café Cultural. É um retorno em alto estilo, pois o Crefito trouxe um profissional respeitado no âmbito científico”, disse a professora da disciplina de Fisioterapia Respiratória da Unic, Nilsa Cristina Domingos Benício. Por outro lado, a aluna do 4º semestre de Fisioterapia da Univag, Suelen Xavier, 19, achou a técnica de Bolzan “muito interessante, pois o assunto já vem sendo discutido nas aulas de ABP Hospitalar. Podemos pensar em usá-las, mas é claro que precisamos de preparação”.

A importância da fisioterapia especializada numa UTI é cada vez maior nas unidades de saúde. Os profissionais buscam compreender as necessidades de cuidados pulmonares específicos para cada paciente. De acordo com o pesquisador Douglas Bolzan, o manejo inadequado da pressão do cuff pode causar prejuízos ao doente. Entre elas, “gerar diminuição do fluxo sanguíneo traqueal e do retorno venoso favorecendo a ocorrência de lesões”. Nas pessoas obesas, por exemplo, não é aconselhável utilizar a nova técnica. O aumento da pressão do cuff pode vedar a via aérea, ou seja, isso gera mais dor. 

Voltar
Portal Transparência
Boletim Informativo Cartilha de Controle Social Estágio Não Obrigatório De carona com o fiscal

AGENDA DE EVENTOS

MAIS EVENTOS >
  • 17 a 17
    Pós-graduação Uroginelogia Funcional - Cuiabá - MT - Informações
  • 30 a 01
    4º Congresso Brasileiro de Fisioterapia Dermatofuncional - São Paulo - SP - Informações

O Crefito-9 é mero divulgador do conteúdo publicado aqui: não nos restando responsabilidade, compromisso ou parceria com as publicações.

ENQUETE

Como garantir valorização e dignidade profissional?

Mudanças da legislação

União da categoria

Evitar privatização do SUS

CAMPANHAS E SERVIÇOS DO COFFITO

Transparência Fale Conosco Ouvidoria
Copyright © 2012 CREFITO-9 - CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 9ª REGIÃO